Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Sou medrosa pra vida

Imagem
Uma confissão: eu não gosto do meu trabalho. A vida proletária me alcançou cedo, meu primeiro emprego foi aos dezesseis anos, hoje com quase vinte e seis, refletindo sobre tudo o que já passei, posso afirmar que nunca me realizei profissionalmente.
Sou muito frustrada nessa área, não consigo me sentir feliz com o que faço. Tem dias que me sinto tão cansada que choro pra aliviar. É um cansaço mental, sabe, algo que não se resolve apenas com uma boa noite de sono. Eu não costumo falar sobre isso, tenho muita dificuldade de me expor e em parte, acho que a razão é eu sentir que as pessoas não vão me entender.
Tem muitas coisas que eu gostaria de fazer, mas nunca tive coragem de dar o primeiro passo, talvez por medo, talvez por insegurança, talvez pelas duas coisas. Quando era mais nova eu sonhava grande, agora me limito ao que é possível. Já ouvi um monte de gente contar suas histórias loucas de como largaram tudo e investiram em algo que gostavam, eu nunca fiz uma loucura, nunca me aventure…